Abelhas, apicultura, colméias, mél, própolis, apiários, néctar, pólen

Home
Anatomia

Espécies
Reprodução
Néctar e pólen
A comunidade
Apiário
Manejo

Lendas

Raças de abelhas

Apitoxina

Alimentação

Produção
Ataques
Abelhas sem ferrão
Artigos
Curiosidades
Fotos

A Moderna Apicultura

  • Caso único de domesticação de um inseto, a apicultura pode ter quatro objetivos: produção de mel, de geleia real, de cera e de rainhas para novas colmeias.
    Nos dois primeiros casos ela pode ser ambulante ou estacionária.
    Na apicultura ambulante, o apiário é deslocado periodicamente de região para região, à procura de novas floradas.
    Adotado nos Estados Unidos, esse sistema já era conhecido pelos antigos egípcios, que navegavam o Nilo com balsas cheia de cortiços, acompanhando as fases das enchentes do rio e as sucessivas floradas em suas margens. Já na apicultura estacionária, o apiário permanece sempre no mesmo local.
    Além dos caixilhos móveis, a apicultura conta com uma série de recursos técnicos que facilitam o trabalho e aumentam a produtividade das colmeias.
    Um deles é a centrifugadora radial de mel. Nesta, os caixilhos são colocados com a parte inferior voltada para o eixo da máquina e o mel é expelido dos favos por um movimento uniforme de centrifugação. Outros utensílios necessários às operações de coleta são: véu de proteção para o rosto do apicultor; luvas de couro; fumigador para acalmar as abelhas; trincha para retirar os insetos que se mantêm presos aos favos; rede eliminadora destinada a permitir a saída das abelhas da colmeia, impedindo seu retorno; recipientes para filtrar e conservar o mel; caixilhos de reserva; coletora de resíduos; xarope para reforçar a alimentação das abelhas nos períodos de escassez de flores.
    Para aumentar ainda mais a produtividade das abelhas, costuma-se aplicar aos caixilhos cera moldada ou laminada, de forma a diminuir o tempo gasto na preparação dos favos.

Instalação

    Antes de instalar o seu apiário, alguns itens deve ser observados.

  • Existência de uma boa florada apícola na vizinhança.
    Isso garante uma boa produção de mel durante o ano;

  • Existência de água potável de boa qualidade.
    Caso não exista você terá que fazer um bebedouro;

  • Local de fácil aceso e muito alto.
    Para uma maior comodidade do apicultor e não sobrecarregar as abelhas quanto a colheita do néctar;

  • Colocar a colmeia em cima de cavaletes protegido por bolsas d'água.
    Evitar ataque de formigas.

    Tente evitar ao máximo locais que apresentam as seguintes condições:

  • Ventos fortes.
    Atrapalha a vida das abelhas, assim como altera a temperatura no interior da colmeia;

  • Locais próximos de padarias e fabricas de doces.
    Evitar que as abelhas saquem tais lugares, evitando assim possíveis transtornos;

  • Local muito úmido, sombrios e sujeito a enchente.
    Evita a proliferação de doenças;

  • Trânsitos de pessoas e animais.
    Evitar acidentes;

  • Construção de estábulos, chiqueiros e estábulos nas próximos.
    Para evitar acidentes dê uma distância de cem metro destes locais;

  • Lugar com luzes acesas durante a noite.
    A abelha é atraída se chocando contra a lâmpada até se machucarem;

  • Não colocar no apiário um numero maior de colmeias do que a capacidades suportada pela florada apícola.
    Evitar a saturação das pastagens apícolas.

   Não existe uma palavra final a respeito do lugar ideal onde deva-se colocar uma colmeia. Em Paris, existe um apiário que fica em cima da teatro municipal. É lógico que seu rendimento seria sensivelmente melhor se estivesse localizado numa zona rural.
   Se o apicultor usar de bom senso ele escolherá uma lugar bom para um futuro apiário.

Produtos orgânicos   Soja orgânica   Holismo   Viajar   Antropologia Social   Lendas folclóricas   Ikids   No radar     ArteFinal